Browsing Category

Comidinhas

Comidinhas

Sobremesas para as festas de fim de ano

19/12/2016

sobremesas-01

Pra falar de comida, eu apareço por aqui!!

Esse ano fui muito relapsa com o blog, mas a verdade é que além de ter trabalhado muito (faz dancinha de agradecimento), eu também estive muito desanimada / sem empolgação pra muita coisa. Eu fiz várias resoluções em 2015 para realizar este ano, mas terminou que todo o tempo que eu tinha livre, me batia uma vontade de dormir e não fazer nada, com empolgação para bem poucas coisas. Ainda não saí dessa maré e os acontecimentos deste ano “pesado” no mundo e no país ajudaram a me deixar meio “borocoxô”.

Mas 2017 vem aí, muitas promessas, aquele espírito de renovação, de vontade de começar planos, projetos, ideias novas!

E no clima das festas, c-la-ro que eu sempre penso nas comidas. Quem não?! E meu fraco, como muitos sabem, são os doces. Eu sempre organizo uma sobremesa para o natal e para o revellion e esse ano não será diferente.

Como eu adoro ajudar as pessoas e compartilhar coisas legais e comidas boas (comida é muito importante para manter o bom humor e a felicidade, kkkkk), resolvi deixar o link aqui das receitas dessas 4 delicinhas que eu já postei aqui no blog, para você que está aí sem saber o que fazer de gostoso para as festas de fim de ano.

Eu sei que tá cheio de blogs e sites e vídeos do youtube especializados em gastronomia e eu não sou nenhuma especialista no assunto, mas são receitas tão práticas e fáceis de fazer (até eu consigo fazer e ficar bom), que não custa nada ser colega e compartilhar, né?!

  1. Torta Alemã (muito, muito delícia e fácil de fazer).
  2. Torta de Maçã (pra comer quentinha e com sorvete de creme)
  3. Torta de Morango e Cheesecake de frutas vermelhas
  4.  Sorvete caseiro (esse é muito nostálgico pra mim, minha avó sempre fazia)
Comidinhas

Receita: torta alemã

07/11/2015

torta alema

torta alema

torta alema

Tá aí uma receita que eu achava que era um bicho de sete cabeças pra fazer: Torta Alemã!

Essa semana iria precisar de doce e chocolate. Semana de TPM. Leitoras mulheres me entenderão. Por conta disso, resolvi fazer alguma sobremesa pra ter na geladeira e saciar a minha tensão durante a semana. E dane-se ser light esses dias. Simplesmente não consigo. Fico irritada e com dor de cabeça!

Eu já tava com uma vontade danada de comer uma torta alemã e aí fui pesquisar a receita pra saber se era muito complicada. Para a minha surpresa, é super simples e precisa de poucos ingredientes e mão-na-massa.

E já que o fim de semana chegou, achei válido compartilhar com meus leitores queridos, para fazerem em casa e para as leitoras que também estiverem no mesmo barco furado de TPM, como eu! hahahah!

O que você vai precisar:

Para a massa

-1 xícara de chá de açúcar
– 200g de manteiga sem sal
– 1 caixa de creme de leite
– 2 pacotes de biscoito maizena
– leite para umedecer os biscoitos

Para a cobertura

– 1 caixa de creme de leite
– 1 barra de chocolate (200g) – sugestão: chocolate dois frades da Nestlé ou Classic Meio Amargo Nestlé

obs: Eu não comprei a barra de chocolate e resolvi fazer com cacau em pó que eu tinha em casa. Deu pra fazer o ganache, mas a diferença é que ele fica com uma consistência mais molenga do que o ganache feito com o chocolate em barra. Além disso, eu precisei acrescentar um pouco de leite condensado pra ficar menos amargo.

Mas vamos lá! Como faz?! Mamão com açúcar!

Você vai bater o açúcar com a manteiga até ficar uma mistura uniforme. Depois você vai acrescentando o creme de leite aos poucos até, também, obter uma creme bem homogêneo. Reserva o creme e vamos começar a montar a torta! Sim!! É bem rápido!

Eu usei uma forma de fundo falso, que é o ideal para fazer essa torta. Para começar a montar, você vai pegar os biscoitos maizena, molhar no leite e vai forrando uma camada de biscoito no fundo da forma. (Dica, deixa o leite escorrer bem do biscoito, porque eu não deixei e o biscoito congelou e ficou mais durinha na hora de partir! hahaha). Aí você faz uma camada de creme sobre a camada de biscoito. Depois segue mais uma camada de biscoito, seguida de uma camada de creme, até terminar o creme e o biscoito.

Leva a forma pro freezer e deixa ela gelar bem, pra estruturar e ficar durinha. O tempo mínimo é umas 4 horas, pra ficar beeem firme.

Aí, depois que ela tiver bem estruturada é que você vai colocar a cobertura de chocolate.

Pra fazer a cobertura com a barra de chocolate, a receita que eu vi diz pra derreter o chocolate em banho maria e depois misturar com o creme de leite. Como eu fiz com cacau em pó, eu misturei numa panela, em fogo baixo, o creme de leite com o cacau em pó. Como ficou bem amargo, acrescentei um pouco de leite condensado, no sentimento, até ir provando e ver que ficou menos amargo – mas também não é pra ficar doce. O meio amargo ajuda deixar equilibrado, e a torta não fica enjoada. Pronto. Espera o ganache esfriar um pouco e depois vai cobrir a torta. Eu só coloquei na parte de cima porque a consistência do meu ganache ficou mais mole do que era pra ser, mas se você fizer com a barra de chocolate, você pode cobrir tanto a parte de cima, como as laterais da torta.

Pronto! Viu como é fácil?! Aproveita e faz nesse fim de semana e depois conta aqui nos comentários como ficou!

Beijos e bom final de semana!

 

Comidinhas

pão recheado

24/06/2015

paorecheado-01

paorecheado-02

paorecheado-03

paorecheado-04

paorecheado-05

paorecheado-06

Essa é uma daquelas receitas fáceis, quebra-galho e deliciosa pra você fazer quando estiver até com preguiça de cozinhar!

Um beijo para minha friend and professora de Pilates, Fabi, pela receita!

Então, a receita dela leva requeijão, queijo do reino e azeite. Da primeira vez que a gente fez, a gente deu uma incrementada e adicionamos provolone, parmesão, tomate e manjericão! Ficou uma coisa divina de gostoso!

Domingo passado, a gente estava em casa com fome, com um pão inteiro na geladeira e resolvemos fazer o pão recheado para jantar. Usamos requeijão, provolone e parmesão para rechear e como acompanhamento essas mini cebolas em conserva – que são uma deli!

Pra fazer o pão é super simples: você vai cortar (sem ir até o final do fundo do pão) em faixas na horizontal e vertical, que vão formar “nichos”. Aí você vai rechear os nichos com os ingredientes.

Dica: pode incrementar no azeite, porque aí o fundo do pão não fica seco!

Depois de recheado, põe no forno, entre 15 e 20 minutos, até o queijo derreter e o pão ficar douradinho!

Pronto! É só comer e se deliciar, porque é bom demais viu?!

Fica aí a dica pro fim de semana que tá chegando!

Comidinhas

Cheesecake de frutas vermelhas

22/03/2015

natal2014-47

natal2014-48

Eu fiz essa cheesecake no natal do ano passado, pela primeira vez na vida, e ficou uma delicinha, modéstia à parte, viu?! Fiz porque xuxu gosta muito de cheesecake e para ser uma opção de sobremesa sem chocolate para agradar a todos! A única dificuldade foi achar frutas vermelhas para decorar, mas independente disso ficou boa demais!

Fiz uma busca de várias receitas até resolver fazer essa, e vou compartilhar com vocês, poque é uma boa opção para fazer na páscoa! E aí, se não tiver frutas vermelhas pra decorar, solta a imaginação: usa palitos com coelhinhos recortados, bandeirinhas, morangos, enfim, algo que fique bem bonito para encantar quem for comer!

A receita que eu usei foi do livro Culinária de Todas as Cores – 200 Receitas de Sobremesas Divinas, Sara Lewis, da Publifolha.

Ingredientes

175g de biscoito maisena (usei um pacote e meio de biscoito Marilan, que é menos perfumado e fica uma deli)
65g de manteiga sem sal
480g de cream cheese
1 colher (chá) de essência de baunilha
150ml de creme de leite fresco
150g de iogurte natural
125g de açúcar
3 ovos
1 pote de geléia de frutas vermelhas Queensberry

Modo de Fazer

Primeiro a gente faz a massa. Untei uma forma de fundo removível e forrei com a base, misturando o biscoito maisena esfarelado com a manteiga derretida. Subi um pouco nas laterais da forma pra ter muita crocância e servir como proteção para o recheio.

Aí vamos preparar o recheio. Bati o cream cheese e a baunilha até formar uma pasta homogênea. Juntei a ela o creme de leite, o iogurte (eu usei grego tradicional), o açúcar e os ovos, até ficar uma massa bem lisinha. Feito isso, é só despejar a massa sobre a base de biscoito e levar ao forno pré-aquecido a 160 graus por 45 minutos. Essa indicação da receita eu não tive como seguir, porque não tinha como medir 160 graus no meu forno, então coloquei a 180 e fui observando. O ponto do cheesecake é quando a lateral da massa fica firme e o centro fica úmido. Chegando a esse ponto, a receita indica desligar o forno e deixar o cheesecake esfriar lá dentro. Eu deixei com a porta do forno fechada, e ele deu uma rachada em cima (um acidente que favoreceu a geléia penetrar na massa. Um acidente de percurso, mas que ficou muito bom, hahahah). Quando o cheesecake esfriar, você leva pra geladeira e deixa gelar bem. Cheesecake gostoso, na minha opinião, é cheesecake geladinho!

Para fazer a calda, eu usei um pote de geléia de frutas vermelhas (Queensberry que é uma delíciiaaaa), misturado com água. Coloquei numa panela no fogo e misturei até ficar uma calda. Retirei o cheesecake da geladeira e derramei a calda por cima.

Como levei pra casa da minha mãe, já levei ela pronta com a calda. Quem tiver tempo, pode experimentar servindo a calda quentinha na hora, junto com o cheesecake geladinho.