Carnavalizar

makecarnaval-01 makecarnaval-02 makecarnaval-03 makecarnaval-04 makecarnaval-14 makecarnaval-19 makecarnaval-43 makecarnaval-51  makecarnaval-59 makecarnaval-61 makecarnaval-64

makecarnaval-52makecarnaval-70 makecarnaval-72 makecarnaval-74 makecarnaval-76 makecarnaval-78 makecarnaval-81 makecarnaval-83 makecarnaval-84 makecarnaval-87  makecarnaval-93 makecarnaval-97 makecarnaval-103 makecarnaval-108 makecarnaval-109

Eu e minha sis (que eu carinhosamente chamo de fia e que tem um blog massa) fizemos umas fotos temáticas para o carnaval, essa semana!

A gente aproveitou também pra gravar um vídeo bem engraçado (eu achei engraçado… já ri mil vezes assistindo), onde ela me ensina a fazer uma maquiagem de carnaval. Eu sou bem péssima pra maquiagem. Não sei esfumar e nunca consigo os resultados desejados! (Na última viagem, por exemplo, comprei 3 tipos de delineador para olhos para ver se algum prestava… a questão é que todas prestam… eu que não sei usar… enfim…).

A ideia não era fazer um super vídeo ensinando a fazer a maquiagem mais top da galáxia… não!! A ideia era fazer um vídeo pra ser engraçado mesmo, sem mega produção, acessível a todas as pobres almas como eu que precisam seguir passo-a-passo visuais quando tentam fazer uma maquiagem que preste (e mesmo assim nem sempre conseguem fazer)!

E foi isso que aconteceu! O som do vídeo não ficou bom (tem muito vento porque gravamos na varanda da casa dela, enquanto os cachorros brincavam e corriam enlouquecidamente na sala). Eu gostei do resultado (apesar de achar que meu tom de pele deve precisar de um super primer para olhos ou de sombras com mega pigmentos pra poder a cor pegar, sabe como é?! hahahhaa!! Porque vocês podem ver, como eu botei sombra nesses olhos e ainda ficou clarinho!).

Enfim, espero que vocês gostem e se divirtam com o vídeo! hahahaha!!

observação 1: eu me acho muito esquisita em vídeos. 

observação 2: o youtube resolveu nos trollar. Desde sexta-feira estamos tentando postar o vídeo, que só conseguiu ir ao ar ontem de noite. Apesar do carnaval estar acabando já,  ficou engraçado, então vale como um registro! hahahaha!

Um bom Carnaval pra vocês!!!

Inspira de Segunda: Carnaval

carnaval, moodboard

Chegou a festa preferida de 99% dos brasileiros. Digo 99%, porque algumas pessoas como eu, fazem parte dos 1% restantes que não são tão fãs da festa! E eu curto muito o clima, de organizar fantasia, maquiagem e tal… mas não sou da muvuca da rua… tenho agonia de multidão, passo mal.. e com calor a situação piora!!

Eu até curto festinhas de carnaval, festas de clubes, bailes, etc… mas a muvuca da rua eu não consigo! Já devo até ter falado isso por aqui!

Mas apesar de não brincar, eu gosto de bolar fantasias e maquiagens legais.

É a época onde o glitter, a purpurina e a lantejoula estão liberados para usar sem moderação!

E esse ano eu resolvi fazer um moodboard com muitas maquiagens purpurinadas para inspirar vocês aí que vão brincar, frevar (no caso aqui de Recife) e dançar até a quarta-feira de cinzas!

Esses dias li um post que a Jojo, do blog Um Ano Sem Zara, fez sobre não gastar fortunas com uma fantasia e eu concordo muito com ela. Acho que o legal da festa é criar a fantasia até mesmo com peças que você tem na sua casa e se divertir com todo o processo até a hora de sair de casa para a folia.

Pensando nisso, andei dando uma passeada pelo Pinterest, recolhendo imagens inspiradoras e ideias de fantasias que você pode montar com coisas que você tem em casa e terminei achando essas 3 que seriam as minhas escolhas, caso eu fosse para algum bloco, festa, baile: Unicórnio (eu adoro unicórnios!!), Abacaxi (tem fantasia mais simples, divertida e criativa que essa?!!) e Carmem Miranda (essa dá pra usar peças do armário fácil, fácil, caprichar no make e num mega acessório sem limites de cabelo)!!).

E vocês?! Já estão com tudo pronto para o carnaval?!! Essa semana vai ter mais um post bem legal com o tema por aqui! Aguardem no local!

Beijos!!

**fotos via Pinterest.

doismilequinze

Finalmente chegou! 31 de Dezembro de 2015! Pra muita gente não foi fácil. Observando agora, eu acho que gosto mais dos anos pares. Os anos ímpares não têm a energia boa que os anos pares têm para mim! Mas pensando bem, já tive anos mais cabulosos que 2015, principalmente por conta de estresses de trabalhos e pessoas. 2015, nesse quesito, foi até tranquilo.

No fim de 2014 eu estava muito baixo astral, com altas expectativas sobre trabalho. O final de 2014 e início de 2015 não foram muito bons nesse sentido para mim. Mas agora, fazendo uma volta no tempo, eu vi que foi um intervalo para eu observar, refletir, planejar e aí foi que tudo engatou e muita coisa boa aconteceu.
2015 começou com meu primeiro reveillon vendo o sol nascer! Lindo! Uma paleta de cores incríveis, na praia com o xuxu da minha vida!
dez1402-57 dez1403-56 dez1403-60
No meio de janeiro, eu fiz um workshop de fotografia massa, com uma galera massa, num local mais massa ainda. Foi uma experiência maravilhosa para abrir meus olhos e ver que minhas preocupações e problemas não são os piores do mundo. Existem outras pessoas com problemas muito maiores que os meus. Eu e um monte de fotógrafo massa daqui de Recife e de outras cidades do país, nos encontramos na Casa De Campo – lugar arretado e lindo entre Pernambuco e a Paraíba, para passar um final de semana batendo um papo e aprendendo muita coisa legal com Bruno e Rafa da 18 Elementos. (Inclusive depois que fiz o workshop deles e conheci eles pessoalmente e vi como são pessoas boas, arretadas e sem frescura, fiquei pensando que se eu pudesse voltar no tempo, na época que estava organizando meu casamento, teria contrato eles para registrarem o meu momento).

foto-nathalinha
Foto da linda Nathalinha Carvalho

foto-nathalinha2

Foto da linda Nathalinha Carvalho

foto-nathalinha3

Foto da linda Nathalinha Carvalho

IMG_6083

ws18elementos-0041 ws18elementos-0074 ws18elementos-0080 ws18elementos-0082 ws18elementos-0087 ws18elementos-0121 ws18elementos-0136

Depois do workshop, com a mente aberta, eu me organizei e me dediquei fundo ao Sui Amoris, um trabalho fotográfico onde eu proponho registrar a beleza única de mulheres reais, assim como eu e você, que tem defeitos, marcas, problemas, frustrações e que precisam olhar para si mesmas, se redescobrir e enxergar a beleza que existe em cada uma delas, fora dos padrões impostos pela nossa sociedade. A beleza real e imperfeita de seres humanos reais!
aline-suiamoris-113 auto-boudoir-11 autoparte4-23

Processed with VSCOcam with hb2 preset

rafa-suiamoris-22 rafa-suiamoris-45 rafa-suiamoris-47
E do Sui Amoris nasceu também o Sui Amoris Bride, uma versão feita para noivas se presentearem antes do casamento, com um momento só para elas, para enxergar como são bonitas, para aprender a valorizar o que elas têm. E foi um trabalho massa feito em parceria com pessoas muito feras:  o primeiro com a querida Bella Maia (foi um prazer poder conhecê-la pessoalmente e sentir a energia boa que ele transfere para as pessoas), em parceria com Ayla Martins que faz cabelo e maquiagem divinamente, e as grinaldas lindas e maravilhosas das meninas da Nuvem de Arroz. O segundo com a linda Viviane Monteiro! Em ambas, usando as peças lindas da Carolina Etz.
previasuiamorisvivi-1-2    suiamorisbride-68 suiamorisbride-77-2 suiamorisbride-vivi-26 suiamorisbride-vivi-45 suiamorisbride-vivi-73 suiamorisbride-vivi-95
E daí muitas mulheres lindas me procuraram e fizemos fotos lindas que sairam olhando para elas de outra forma, enxergando o poder e a beleza que elas têm dentro delas! Foi muito massa!!!
Em setembro / outubro, eu e xuxu partimos para as férias mais incríveis que tivemos até agora!! A gente adora viajar, e dessa vez tiramos 40 dias para conhecer a Califórnia! Viagem incrível, lugar incrível, que eu vou mostrar tudinho pra vocês em 2016! Foram muitos destinos, muitas fotos, muitas coisas pra contar, que até agora não de tempo de organizar! Foi perfeito! O primeiro ponto alto de 2015!

IMG_9753

IMG_9996

O segundo ponto alto do ano foi a chegada do ser mais fofo e lindo e pentelho e danado da nossa família: Yoda!! Eu contei um pouquinho sobre a chegada dele aqui no blog e com certeza ele mudou a energia da casa, mudou a gente! Trouxe muita alegria – e no começo muito estresse até aprender a fazer xixi e coco no lugar certo, hahahaha.
yoda2meses-02 yoda2meses-67

2015 também me surpreendeu, quando venci meus medos e limites e fotografei o primeiro parto da minha vida!! Quem me conhece sabe como sou frouxa para dor, sangue. Desmaiei uma vez por causa de uma unha encravada! hahahaha! Mas lá estava eu, no dia 25 de Novembro, fotografando a chegada do pequeno e lindo Henrique. Mais um integrante de uma família querida e linda!

E agora, no final, 2015 aproveitou para puxar minhas orelhas, para prestar atenção na minha saúde! Foi um ano difícil de manter uma dieta equilibrada – eu digo dieta no sentido de me alimentar bem, não no sentido de buscar só a perfeição estética, até porque eu troco facilmente uma barriga chapada por poder comer chocolate. E após fazer um ultrassom essa semana, depois de sentir umas dores e não saber o que seriam, descobri sem querer umas pedrinhas na vesícula. Provavelmente consequência da minha alimentação maluca de 2015. Muita fast food, muito chocolate, muita pizza… muita alegria comer isso tudo, mas conta chega, né?! Nada de grave, a dor que eu tava sentido nem tem nada a ver com as pedrinhas, mas foi ótimo pra eu ver que tem que ter equilíbrio…é a conta de uma vida comendo besteiras…. Mas recado dado, 2016 vai começar com todos as visitas necessários aos médicos devidos, inclusive a nutricionista pra organizar a alimentação!
Ah sim! E eu me prometi começar a fazer meditação em 2016! Organizar essa mente doida, essa ansiedade, essa agonia que eu tenho estado!
No balanço geral, 2015 não foi ruim. Estive com pessoas queridas que me fazem bem, que me empurram para frente, que me encorajam e que se interessam pelo meu sucesso e meu bem estar. A gente muda, evolui, deixa algumas coisas que já não servem mais pra gente de lado. E, apesar de todos os ganhos, tiveram perdas de amizades que eu considerava serem para sempre, verdadeiras, mas que 2015 me mostrou que já não adiantava mais remar contra a maré! As vezes as pessoas mudam e a gente não acompanha a mesma mudança e não pode querer que elas sejam sempre iguais. A gente busca e mantém junto de nós o que nos faz bem. E que esses que ficaram de fora da minha vida, sigam as suas, sejam felizes, de verdade! Eu não deixei de gostar de nenhuma delas, mas nós simplesmente não funcionamos mais, e isso não é um problema. Acontece durante toda a nossa vida. Alguns entram, alguns saem. O que fica é tudo aquilo de bom que cada um deles nos acrescentou.
Feliz 2016 para todos vocês!! Eu tenho cá as minhas certezas de que vai ser um ano massa!!

minhaprimavera29-28

DIY – Embalagens de presente (de última hora para o Natal)

embalagem natal

Tá em cima da hora, mas ainda dá tempo de fazer uma embalagem de presente fofinha e sem gastar muito! Eu adoro fazer embalagens de presente. Esses são dois modelos que eu e uso muito.

O que você precisa:

embalagem natal

1. Para começar, vamos dar uma gracinha no envelope e na sacola de papel kraft né?! Bem no estilo artesanal e pinterest: fazendo bolinhas com tinta. Eu usei pratinhos de isopor (daqueles que vem queijo, salgadinhos, etc… é sempre útil lavar e guardar um desses para quando precisar usar tinta, mexer com cola, etc), coloquei um pouco de tinta látex pva branca e espalhei um pouco com o pincel. Aí para criar as bolinhas, eu usei um lápis com uma borracha na ponta, melei a borracha na tinta branca e saí carimbando o envelope e o saco de papel. Não precisa diluir a tinta em água, porque aí ela seca bem rápido, e não molha o papel.

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

2. Saco / Envelope pronto e carimbado, eu personalizei cada um com o nome da pessoa que vai receber o presentinho. Aí usei carimbos de madeira de letras e fiz o mesmo processo, espalhando a tinta látex pva preta no pratinho de isopor e fui carimbando letra por letra, formando o nome da pessoa.

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

3. Para fechar o envelope de um jeito bonitinho, eu uso descansos de papel para copos que comprei na Tok&Stok. Passo cola bastão no verso e colo na parte central de cima do envelope, metade para frente e metade para a parte de trás do envelope. Essa etapa só depois que o presente já estiver dentro do envelope, tá?!

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

4. Aí eu faço 2 furos para passar um cordão, dar um lacinho e colocar uma tag / cartão de identificação. Esse furador é da We R Memory Keepers – você encontra em lojas de material de scrapbooking. É um furador que aplica ilhós também. Ele faz 2 tamanhos de furos e aplica vários tipos de ilhós. É o máximo! Aquisição muito válida. Aqui, na época que eu pesquisei, tava na faixa de 200 dilmas. Eu achei na Michael’s, nessa nossa última ida aos EUA, por US$29,90, e ainda teve desconto de 50% – porque as lojas lá têm muito de cupons de desconto, inclusive esse cupom eu peguei na internet.

embalagem natal

embalagem natal

Fiz um furo também na tag que eu desenhei e coloquei um ilhós douradinho.  No fim do post vocês podem baixar uma folha A4 com tags, de free, e usar à vontade para presentear todo mundo. 

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

Prontinho. Primeiro modelo pronto para entregar!

embalagem natal

Com o saco de papel é quase a mesma coisa, a diferença é que eu dobro a parte de cima para trás, pra ficar na altura final que eu quero – porque o saco que eu tenho aqui ia ficar muito grande para o presente.

embalagem natal

Aí colei e prendi – para reforçar um pouco – com washi tape, que fica bem bonitinho.

embalagem natal

E no lugar de usar apenas 1 desanso de papel, eu uso 3 para ocupar a largura do saco. Você também pode fazer com um só, mas como o saco é mais largo que o envelope, eu achei mais bonito colocar 3.

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

embalagem natal

Pronto!! Embalagens rápidas, práticas e baratex pra presentear com personalidade e carinho!

embalagem natal

embalagem natal

Gostaram?

Clica aqui para baixar o pdf com a folha de A4 das tags “com amor”.

Beijos e Boas Festas pra vocês (mas antes do ano acabar eu apareço por aqui de novo)!

Paris – dia 08

paris-dia-08-1 paris-dia-08-5 paris-dia-08-6 paris-dia-08-9 paris-dia-08-10 paris-dia-08-11 paris-dia-08-13 paris-dia-08-14 paris-dia-08-17 paris-dia-08-18 paris-dia-08-19 paris-dia-08-21 paris-dia-08-22 paris-dia-08-24 paris-dia-08-25 paris-dia-08-27 paris-dia-08-29 paris-dia-08-30 paris-dia-08-36 paris-dia-08-38 paris-dia-08-41 paris-dia-08-43 paris-dia-08-46 paris-dia-08-50 paris-dia-08-54 paris-dia-08-57 paris-dia-08-58 paris-dia-08-60 paris-dia-08-63 paris-dia-08-66 paris-dia-08-69 paris-dia-08-71

IMG_1769

A programação do oitavo dia na cidade luz era ir a Versailles. Como arquiteta, eu também queria muito conhecer a Ville Savoye, obra de Le Corbusier e uma das minhas obras favoritas dele. Pesquisando na internet descobri que tinha um jeito de ir para os dois no mesmo dia e assim o fizemos.

Detalhe é que, na programação inicial, nós iríamos para Versailles e Ville Savoye num sábado, mas a chuva querida ia dar uma trégua só no domingo e aí nós resolvemos aproveitar e trocar o dia da visita.

O esquema era o seguinte:

Pegar um trem de Paris até Poissy (trajeto de mais ou menos 30 minutos). Chegando em Poissy, pegaríamos o ônibus Linha 50, sentido La Coudarie na Rodoviária Gare Sud / Saint Exupéry, e desceríamos na parada Villa Savoye. Até aqui foi super fácil, porque tinham muitas placas indicando a famosa casa do arquiteto.

Chegamos na Villa Savoye, pagamos a entrada e conhecemos tudo. Achei muito legal. Não sei se é o tempo e a falta de manutenção, mas, para falar a verdade, achei que os acabamentos de execução do projeto deixaram muito a desejar. Principalmente na cozinha e nos banheiros. Mas, tudo bem. Foi legal conhecer uma obra moderna,que vi nas salas de aula, ao vivo.

Dalí para ir para Versailles parecia ser bem fácil.

Na frente da Villa Savoye tem uma parada (chamada Ville Savoye) onde passa o ônibus da linha 9, sentido Versailles e que pararia na parada Europe, na frente do Château, com duração da viagem de mais ou menos 40 minutos.

Acontece que este ônibus não passa dia de domingo! PAN! E eu nem me liguei nisso quando saímos do apartamento. Ficamos eu e xuxu, mais ou menos 1h na parada esperando um ônibus que não ia passar nunca. Até que passou um ônibus, eu perguntei ao motorista se o ônibus 9 passaria naquele dia e ele respondeu com toda a firmeza que sim. Esperamos mais um pouco, começou a chover, um frio desgraçado e nada do ônibus passar. Ok. Voltamos pra Ville Savoye e pedimos uma humilde ajuda a um funcionário da recepção, que confirmou que o ônibus não passava e acessou o site do metrô de Paris para descobrir qual o caminho mais rápido que poderíamos fazer.

Resumindo: pegamos um ônibus de volta até a rodoviária onde chegamos, pegamos um trem de volta para Paris, descendo em La Défense e de lá pegamos um RER até chegar no Château. Trajeto quase infinito.

Mas tudo tem um lado bom na história. Nós tínhamos comprado o city pass, que dava acesso apenas ao Château, sem acesso ao jardim do palácio. Tudo bem. A gente chegou na porta para entrar e no portão que tentamos entrar, dava acesso ao jardim e o segurança disse que nosso ingresso não dava acesso ao jardim. Ele nos mostrou o caminho a seguir e quando já estávamos indo para lá, um casal de senhores franceses super simpáticos, que estavam entrando no jardim, nos colocou para dentro com o cartão deles que dava livre acesso para eles e convidados! Agradecemos tanto e tivemos a oportunidade de conhecer o jardim que nem iríamos ver se não fossem eles, pois perdemos tanto tempo só no trajeto, que pela hora só iria dar tempo mesmo de priorizar o castelo.

Fato é que o jardim é lindo e enormeeeee e não dá pra ver tudo num dia só, com certeza. Tinha até daqueles carrinhos de golf para alugar, 30 euros por 1h. Mas quem consegue ver aquilo tudo, mesmo que num carrinho, em uma hora?! Impossível!

Fiquei pensando como as pessoas se comunicavam do palácio com alguém que estivesse no jardim! Acho que tinha funcionários mensageiros que andavam a cavalo para desempenhar esta função! hahahaha!!

E aí começou a chover e a gente resolveu entrar no castelo (e nem se ligou na hora) para se proteger da chuva e almoçar – eram quase 17h e a gente ainda não tinha comido.

Fomos até um restaurante de um dos andares superiores e fizemos um lanche na verdade. Acabamos e tínhamos resolvido começar o tour pelos apartamentos das damas, mas a funcionária da entrada sorrindo perguntou: “Vocês já foram no salão dos espelhos?” e a gente respondeu que ainda não tinha ido. Aí ela disse: “Então acho melhor vocês irem lá, porque o palácio irá fechar em 30 minutos”!

Oiiiii??!! Como assim?!! Já era quase 18h e a gente se perdeu no tempo! hahahaha!!

Mas tudo bem! Saímos correndo para a sala dos espelhos. Vimos o quarto do rei, o quarto da rainha até chegar no salão dos espelhos. Lindo, imenso, cheio de exageros e grandiosidade, como quase tudo na arquitetura francesa.

Foi rápido?! Foi, sim! Mas valeu muito a pena!

E conhecemos duas grandes obras arquitetônicas, uma meio que não 100%, mas deu pra matar a curiosidade!

Um dia, quem sabe, a gente volte com calma né?!

E pra voltar de Versailles, muito fácil, junto com a multidão de gente que voltou na mesma hora que a gente, no RER da estação Versailles Rive Gauche. A decoração do trem era toda temática internamente!

Foi bem divertido!

Sexta Fotográfica – Nirav Patel

007239-R1-0091

115300011

Alina-0032

Alina-0713

India0451_

India1152_

India1584_

India1667_

RM-07491

RM-09001

Van-Marte-0040

Retomando a tag Sexta Fotográfica, resolvi compartilhar algumas das lindas imagens desse fotógrafo que me inspira muito! Não me lembro onde vi uma foto dele pela primeira vez. Talvez tenha sido no Pinterest. Fato é que desde que eu vi, fui correndo conhecer o trabalho dele mais de perto. Li sobre ele, olhei o site e o blog até as entradas mais antigas e só me apaixonei ainda mais pelo olhar e pela forma como ele capta a luz em suas fotos.

Nirav Patel se formou em engenharia, mas deixou os números de lado para registrar momentos e emoções de uma forma muito criativa e poética. Há um tempo atrás ele fez um post para o VSCO, mostrando algumas fotos editadas com o VSCO FILM 5 (você pode ver clicando aqui).

Aqui um pouquinho sobre ele, por ele mesmo:

Meu corpo é feito de marshmallows e chocolate. Deus, minha esposa, meu filho, minha família são os biscoitos que me mantém juntos. Passei a maior parte da minha vida estudando matemática. Depois de obter meu diploma de engenharia e licença profissional, decidi me tornar um fotógrafo. Foi uma das decisões mais difíceis / mais fáceis que já fiz. Mas foi ótimo para finalmente jogar fora as fórmulas e apenas fazer o que acho certo. Capturar momentos e contar histórias de uma forma emocional, criativa e orgânica é o que faço agora e eu não faria de outra maneira.

Nirav Patel mora na Califórnia, mas fotografa no mundo inteiro.

 

meredith-0092

meredith-0168

meredith-0236

meredith-01801

meredith-02071

Meredith-Adelaide_0021

Todas as fotos foram tiradas do site / Blog de Nirav Patel