Fotografia

so small

20/10/2016

Somos um grão de areia nessa escala universal e terrestre. Somos voláteis demais, efêmeros demais nessa vida… toda nossa vida é um sopro de tempo… a única certeza é o agora.

(amanhecer do dia 16.10, sobrevoando São Paulo) 

Viagem

Paris – Amsterdam – parte 01

19/08/2016

Aff Jesus!! Atualizada no timing sou eu aqui nas postagens desse blog, né?! Mas enfim, como não é uma obrigação e sim uma diversão, vai na hora que eu posso e estou com vontade (leia-se sem preguiça) de postar! hahahaha!!

Continuando os posts da nossa eurotrip de 2014 (hahahaha), após nossa estadia em Paris nós seguimos para Amsterdam. Fomos de trem, saindo da estação Gare du Nord. Nós compramos os tickets no site da Voyages SNCF, onde você pode escolher a companhia de trem. A dica é: com uns 90 dias de antecedência aparecem passagens em promoção, o que foi nosso caso que compramos passagens por 25 euros para alguns de nossos destinos. A hora de escolher os assentos é meio complicada porque o sistema é que diz os assentos disponíveis por número do vagão, e aí a gente ia pra planta do trem pra visualizar se aquele lugar era bom ou não. A surtada aqui, depois de ler altos comentários de aviso para prestar atenção nas malas, que ficam num espaço logo na frente da porta de entrada do vagão, procurava sempre assentos onde eu pudesse ver as malas, para ficar ligada se alguém ia pegar elas ou não nas estações que o trem parasse! hahahah!! Nós fomos pela Thalys e chegamos na Amsterdam Centraal, que ficava bem perto do nosso hotel lá. Saimos de Paris de 12:25h e chegamos em Amsterdam de 16h mais ou menos. Viagem tranquila, nesse trecho pegamos promoção de passagem para primeira classe, mas nos outros trechos fomos na econômica e pra ser bem sincera, a única diferença é a comida que servem, que na econômica não tem, e dizem que tem wi-fi na primeira classe, mas que para a gente não funcionou. A comida inclusive, não gostei… carne fria… enfim! Nos outros trechos, compramos comida na estação mesmo para almoçar / lanchar no trem e foi muito mais gostoso!

ida-trem06 ida-trem05 ida-trem04 ida-trem03 ida-trem02 ida-trem01

Amsterdam – a cidade dos canais lindos e bicicletas em tudo quanto é canto! hahahaha!!

Logo ao sair de dentro da estação, você se depara na frente com um estacionamento de bicicletas, mas tipo, um amontoado, uma em cima da outra, literalmente! Nunca tinha visto nada igual! Fomos andando até o nosso hotel, deixamos as malas e saímos para aproveitar o dia de sol. Cidade linda, gente legal, pequena e super agradável!

Demos uma volta pelos quarteirões próximos do hotel da gente, alí nas redondezas do museu de Anne Frank também, que inclusive estava com uma fila imensaaa e eu desisti de esperar para visitar (como íamos ficar apenas 2 dias, queria ver o máximo da cidade, e também sabia que ia ficar muito baixo astral depois da visita e resolvi que não queria ir).

amsterdam-dia-01-1Casas barco <3

amsterdam-dia-01-25
amsterdam-dia-01-23
amsterdam-dia-01-22
amsterdam-dia-01-16
amsterdam-dia-01-4

amsterdam-dia-01-21

Fomos até o centro, conhecer a praça Dam e saímos andando pelas pequenas ruas das proximidades da praça! Chegamos até a esquina da rua que ia para o Red Light District, mas achei tão baixo astral o clima que dei meia volta e resolvi ir ver outras coisas.

amsterdam-dia-01-11
amsterdam-dia-01-10
amsterdam-dia-01-6
amsterdam-dia-01-17

Detalhe para uma das batatas fritas mais maravilhosas que já comi na vida! <3


amsterdam-dia-01-18

Voltamos em direção à estação, de onde sai a balsa para atravessar para Overhoeks, onde fica o museu The Eye. A arquitetura do lugar é fantástica. Não prestei atenção direito nos horários de funcionamento (como sempre….) e quando chegamos lá já tinha encerrado o horário de visitas. Mas conseguimos dar uma olhada em algumas salas do térreo e depois fomos para o restaurante que tem no térreo, lindo demais, com uma escadaria tão maravilhosa, que o pessoal se reune lá, assim pra fazer um happy hour, conversar, ler um livro…

Depois voltamos pro hotel para jantar no restaurante do próprio hotel que vou mostrar no próximo post! Prometo que vai ser mais rápido que esse post aqui! hahahah!


amsterdam-dia-01-27
amsterdam-dia-01-26
amsterdam-dia-01-28
amsterdam-dia-01-29
amsterdam-dia-01-31
amsterdam-dia-01-33
amsterdam-dia-01-35
amsterdam-dia-01-36
amsterdam-dia-01-37
amsterdam-dia-01-38amsterdam-dia-01-42 amsterdam-dia-01-40

Sim, fizemos tudo à pé, nesse primeiro dia (como quase todas as nossas viagens onde é possível fazer trajetos andando). Apenas no segundo dia fizemos o passeio de barco nos canais, para ganhar tempo e aproveitar para dar uma turistada básica-cliché, e seguimos para a programação do restante da cidade. Histórias para um próximo post.

Decor, Arquitetura e Design

O que eu vi na XVII Fenearte

08/07/2016

O ano voou! Parece que foi ontem que eu estava indo para a Fenearte para fazer um post como esse.

Esse ano a feira, que vai de 07 a 17 de Julho no pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, tem como tema “Artesanato. Arte Brincante”. Com um aspecto todo lúdico, a feira promove a valorização das brincadeiras, folguedos e brinquedos populares através dos brinquedos artesanais.

O projeto assinado pelo escritório do arquiteto Carlos Augusto Lira, divide o pavilhão, entre outros, em estandes, praças e os já famosos espaços das edições anteriores: Espaço Interferência Janete Costa, Alameda dos Mestres Janete Costa, Salão de Arte Popular Ana Holanda e a Galeria de Reciclados, no mezanino.

Então, dei uma passada ontem para conferir as novidades da feira e compartilhar por aqui o que achei de mais legal.

ALAMEDA DOS MESTRES

Ficou muito massa os móbiles de brinquedos populares. Essa é a entrada principal da feira onde se encontram 63 mestres artesãos pernambucanos. Se não conhece, aproveite para conhecer de perto o trabalho primoroso destes artistas.

17fenearte-12 17fenearte-11 17fenearte-10 17fenearte-09

ESPAÇO INTERFERÊNCIA JANETE COSTA

O espaço assinado pelas arquitetas Bete Paes e Roberta Borsoi, fica na área externa, ao lado da entrada da feira, busca a valorização do artista popular, do artesanato e do design popular e vem mostrando, nessa e nas edições anteriores, como integrar esses elementos com a decoração. Este ano o espaço conta com a participação de dois artesãos convidados de Alagoas: Sil e André da Marinheira.

Este ano o espaço conta com 2 ambientes criados especialmente para expor peças garimpadas na feira:

O Quarto do Bebê (amei todos os detalhes, com um ar super lúdico e divertido)

A Biblioteca do Colecionador de Arte Popular

17fenearte-08 17fenearte-0717fenearte-47 17fenearte-0117fenearte-4817fenearte-4917fenearte-5017fenearte-5117fenearte-5217fenearte-5317fenearte-5417fenearte-55

17fenearte-02
17fenearte-03
17fenearte-04
17fenearte-05
17fenearte-06

17fenearte-21
17fenearte-22

Aproveitei para clicar também alguns estandes que chamaram a atenção pela decoração e pelos produtos:

O de Jaboatão dos Guararapes está super bonito e tem muitas peças legais.

17fenearte-13
17fenearte-14
17fenearte-15

As praças também são pontos altos da feira. Além de servir de suporte para aquela paradinha estratégica do descanso, elas dão espaço para escritórios e faculdades locais mostrarem um pouco o seus trabalhos e criatividade, desenvolvendo os temas da feira. Cliquei as que eu achei mais legais e bonitas:

Praça 02 – Twee Arquitetura e Michele Vasconcelos

17fenearte-19
17fenearte-17

Praça 04 – Unicap

17fenearte-28
17fenearte-29

Praça 05 – Bourbon Guaraná Arquitetura e C2J Arquitetura

17fenearte-30
17fenearte-31
17fenearte-32
17fenearte-34

Praça 07 – Dubeux e Vasconcelos Arquitetura + PMZ Arquitetura

17fenearte-37
17fenearte-43
17fenearte-45

Na Galeria de Recilados, que fica no mezanino, ficam expostas peças de artistas, designers e artesãos. As peças expostas serão julgadas e concorrem a uma premiação nas categorias Arte Reciclada, Artesanato Reciclado e Design Reciclado.  Aproveita e vota nas 3 que você mais gostou!

17fenearte-27
17fenearte-23
17fenearte-24
17fenearte-25
17fenearte-26

Muitos dos estandes que mostrei nos posts das edições anteriores estão por lá novamente, então vale a pena dar uma conferida neles também. Esse ano, me apaixonei pelo estande da Casa Feliz, com quadrinhos lindos em madeira! Tem uma infinidade de tamanhos, modelos e estilos de quadros para você levar para decorar suas paredes! Eles são do Espírito Santo e é a primeira vez que participam da feira e vendem seus produtos lindos na loja virtual: www.casafeliz.com.br

Eu já garanti os meus!! haha!

17fenearte-42
17fenearte-41
17fenearte-40
17fenearte-39

Informações:

De 07 a 17 de Julho de 2016
Segunda a Sexta das 14h às 22h. Sábado e Domingo das 10h às 22h.
Centro de Convenções de Pernambuco
Ingressos: segunda a quinta R$10 (inteira) e R$5 (meia) / sexta a domingo R$12 (inteira) e R$6 (meia).

mais informações no site www.fenearte.pe.gov.br

Decor, Arquitetura e Design

Inspira de Segunda: Alice no VitraHaus

27/06/2016

A instalação já está funcionando no Vitra desde Março, mas eu só vi as fotos e me apaixonei por elas hoje!

O VitraHaus é uma loja de design que fica em Basiléia, na Suíça. Em 2014 eu tive a grande felicidade e oportunidade de poder colocar meus pés lá e passar algumas horas me divertindo e me encantando com cada ambiente, cada móvel, cada vista do lugar! Sensacional! (Juro que vai ter um post aqui sobre essa minha visita, em breve)

Cada andar da loja é redecorado regularmente por renomados designers e arquitetos convidados. O último andar, que eles chamam de Loft, foi decorado em Março desse ano pela arquiteta e designer India Mahdava, que criou um ambiente inspirado em Alice no País das Maravilhas.

Ela desenvolveu um espaço imaginário usando uma combinação de cores frescas, elementos decorativos extraordinários e vários materiais que fazem dos produtos clássicos e contemporários Vitra o centro das atenções. Materiais e superfícies rosa, amarelo e tons de madeira clara caracterizam o design do ambiente. Os móveis expostos incluem clássicos como o Freeform Sofá de Isamu Noguchi e as cadeiras Standard de Jean Prouvé, como também os designs contemporênos do Sofá Mariposa de Edward Barber e Jay Osbergy.

Achei lindo demais! Nem preciso comentar que sou suspeita pra falar da combinação rosa + amarelo + madeira, né?!

Quem tiver indo para as bandas de lá, não deixa de incluir no roteiro uma paradinha no Vitra. Te garanto que você não vai se arrepender! Fora que o lugar onde o Vitra está instalado, o Campus, tem outras 2 edificações sensacionais, projetadas por grandes arquitetos e que também abrem para a visitação: o Vitra Museum e o Vitra Schaudepot.

15362748 15444936 15444937 15446863 15490659 15490660 15490661 15490662 15490663 16138065 16138072 HSC_Stories_Design-Spotlight_Vitra_VitraHaus-Inspirations-Loft-Alice-2_Lorenz-CuginiFotos LORENZ CUGINI

Aproveitei pra fazer um quadro de favoritos, com peças que adorei do espaço de India:

selecao